Problemas de Memória

Problemas de Memória – 10 Vilões da Memorização e Como Combatê-los Facilmente

Leitura sugerida: Perda de Memória: 9 Maneiras Para Resolver o Problema

 

A memória é uma das funções principais do nosso cérebro. Atualmente problemas de memória é uma queixa quase geral entre os adultos e crianças.

Será que esta geração está sofrendo de alguma epidemia de falta de memória?  Na geração dos nossos pais isto não acontecia?  Provavelmente não.

O que acontece é que o ritmo acelerado de vida que levamos atualmente, a quantidade de informações que recebemos durante o dia, estão levando nossa memória a um colapso se não estivermos atentos aos vilões da memorização.

 

Para que sejamos capazes de fixar uma informação recebida, existe um processo a ser realizado. Esta fixação exige: atenção, percepção, avaliação de relevância e organização para que esta informação esteja disponível no futuro quando for solicitada.

A falta de memória geralmente é decorrente de alguma falha transitória neste sistema, provocada por comportamento ou hábito inapropriado. Na maior parte dos casos não se trata de um processo degenerativo cerebral, principalmente antes dos sessenta e cinco anos.

Todos queremos uma memória perfeita, mas para isto precisamos prestar atenção a alguns detalhes muito importantes.

Para ter boa memória é necessário ter uma vida saudável. Um cérebro clinicamente saudável, equilíbrio emocional e concentração.

Para podermos identificar a origem do problema, vamos fazer uma lista dos 10 vilões da memorização que podem estar confundindo seu cérebro e você nem percebe.

 

 1. Problemas de Memória – Estresse

estresse

Este pode ser considerado o maior dos vilões da memorização pois, uma vida muito atribulada, sem tempo para cumprir tudo que você coloca na agenda, dificuldades financeiras, problemas familiares… tudo isto podem provocar estresse.

Uma boa dica é fazer uma coisa de cada vez, de acordo com as suas prioridades pois fazer muitas tarefas ao mesmo tempo prejudica a sua atenção e o rendimento da sua memória.

O melhor desempenho da memória é quando nos concentramos em uma atividade de cada vez. A ansiedade tem foco no futuro e acaba deslocando para outro momento informações importantes para a atividade que você está realizando.

Para não se render a um dos maiores vilões da memorização, procure um momento do dia que você possa relaxar, um ambiente silencioso, sem muitas informações visuais. Tenha momentos de lazer, porque o cérebro e o corpo necessitam de uma parada para repor as energias.

 

 2. Problemas de Memória – Tabagismo

estresse

A nicotina por si, não é o grande problema, por sinal ela é estimulante e não prejudica a memória. O problema são as doenças que o consumo excessivo do fumo acaba afetando o cérebro e o coração

Estas podem prejudicar a sua memória e faze-lo esquecer muita coisa. Pesquisas comprovam que o consumo do cigarro diminui a passagem de sangue nas áreas do cérebro que são responsáveis pela organização da memória.

Entre os consumidores de tabaco o risco maior está entre as pessoas de meia idade ou em idade mais avançada.

Portanto, faça um bem ao seu cérebro! Largue o cigarro! Procure ajuda em clínicas especializadas.

 

 3. Problemas de Memória – Problemas como o sono

estresse

É durante o sono profundo que o nosso cérebro assimila novas informações. Ele seleciona, processa e grava as situações que ocorreram no dia a dia.

Tanto para grandes acontecimentos, como para as coisas mais simples como por exemplo onde deixamos a chave do carro.Neste caso, não só a quantidade de sono, mas a qualidade também é muito importante.

Não adianta você ter horas de sono sem qualidade. Dormir pouco ou sem qualidade vai acarretar desequilíbrio no sistema nervoso responsável pela memória.

Esta situação pode ser um dos vilões da memorização, pois ao gerar estresse, provoca falta de memória decorrente da falta de concentração.

Pessoas que sofrem alteração de sono tem mais propensão a problemas de memória. Principalmente as memorias recentes.

Investigue as causas de sua falta de sono se for o caso. E se você já sabe a origem do problema, procure reverter a situação. Se for o caso, procure tratamento.  Às vezes a simples troca de um colchão resolve o problema! Procure as melhores opções do mercado. Invista em você e no seu sono! Sua memória agradece!

 

 4. Problemas de Memória – Apneia do sono

 

 

 

 

Ainda relacionado ao assunto do sono, mas agora um problema ligado a respiração. A apneia é a incapacidade de respirar de maneira adequada durante o sono. É o fechamento das vias aéreas durante o sono, por um período curto de tempo.

Esta doença acaba acarretando uma noite mal dormida. Os níveis de oxigênio no cérebro acabam muito reduzidos acelerando o declínio cognitivo. Uma das causas mais comuns (lembrando que existem outras) é o excesso de peso.

Se você tem ou desconfia ter apneia do sono procure um profissional para lhe orientar no tratamento.  Atualmente existem boas soluções nesta área.

 

 5. Problemas de Memória – Medicações

estresse

Algumas medicações podem afetar a memória, em alguns casos, somente durante a administração do medicamento, em outros, mesmo após o termino do tratamento.

São os casos de medicamentos anti-hipertensivos, relaxantes musculares e psicotrópicos. Em caso de necessitar de alguma medicação consulte sempre um profissional para que ele lhe oriente de acordo com a sua necessidade.

 

 6. Problemas de Memória – Consumo de álcool

estresse

É comprovado que o consumo de álcool em excesso pode sim causar ausência de memória. Algumas pessoas acreditam que o álcool age diretamente nos neurônios apagando as lembranças mais recentes.

No entanto, uma pesquisa realizada na Universidade Washington nos Estados Unidos revela que mesmo sob o efeito do álcool a informações recebida pelo cérebro é processada. O que ocorre é que o álcool impede os sinais de formar novas memorias.

Portanto, vale aquela recomendação: beber com moderação!

 

 7. Problemas de Memória – Alimentação desequilibrada

estresse

Se vamos falar dos vilões da memorização, temos que incluir a alimentação. O equilíbrio na alimentação é muito importante.

A carência de alguns nutrientes pode prejudicar o desempenho do seu cérebro. Evite principalmente alimentos carregado de gordura.

Estudos realizados em ratos resultaram que alimentos gordurosos são altamente prejudiciais para o cérebro nas funções ligada a memória.

A carne vermelha também quando consumida em excesso produz uma substancia nociva aos neurônios, provocando a longo prazo a doença de Alzheimer.

Procure ingerir bastante liquido, principalmente água, frutas, legumes, pouco sal e açúcar.

 

 8. Problemas de Memória- Problemas da tireoide

estresse

É um dos vilões da memorização que normalmente não é lembrado. A tireoide é uma glândula, localizada na frente da traqueia que controla todo processo de metabolismo.

Quando ocorre um desequilíbrio desta glândula (tanto para mais quanto para menos) pode ocorrer dificuldade de concentração e lembrar fatos do cotidiano. Uma boa investigação por parte de um profissional de saúde irá detectar o problema.

 

 9. Problemas de Memória – Traumas emocionais

 

Traumas são vivencias e experiências dolorosas e lembrar deles é como tocar em uma ferida recente. Suas lembranças podem aumentar o estresse, impedir a concentração, provocar um estado confuso impedindo de distinguir a lembrança da realidade chegando até uma psicose.

Estes distúrbios podem alterar a química do cérebro, gerando problemas de memorização.

Se você possui traumas emocionais de qualquer ordem, não subestime os malefícios que isto te traz. Procure um bom psicólogo ou psiquiatra e enfrente o problema!

 

 10. Problemas de Memória – Vida sedentária

Todo corpo necessita de exercícios e uma vida totalmente sedentária não leva somente seus músculos a se degenerarem, como seu cérebro também.

Ao realizar exercícios, uma química ocorre no seu cérebro e seu corpo começa a produzir: dopamina, serotonina, adrenalina, endorfina.

Todos importantes para o seu rendimento cognitivo. Também vai reduzir seu nível de estresse e melhorar a qualidade do sono.

Pronto, agora você já conhece quais são os vilões da memorização e já sabe como evita-los para ter uma boa memória.

Por favor, curte ai!

Sobre o autor | Website

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Gostou do Blog? Então compartilha com seus amigos!