Dicas de Estudo

Renato Alves – Como aproveitar as férias

Leitura Sugerida: Renato Alves – Do “esquecido” ao campeão brasileiro de memória

Finalmente, férias!!!

Então como aproveitar as férias?

O que aprendi em minha recente temporada de palestras de memorização e entrevistas em Portugal, foi que os jovens daquele país aproveitam as férias escolares para estudar. Isso mesmo!!!

Diferente dos nossos jovens, que rezam para acabar as aulas para fazerem uma imersão completa nos conteúdos inúteis dos tablets e celulares, grande parte dos jovens europeus aproveitam o período de ócio para colocar a leitura em dia, reforçar um pouco mais os estudos de matérias que estão em dificuldade ou fazer algum curso de extensão.

O que eu percebi de mais interessante neste, que para nós é um atípico comportamento, é que eles se divertem muito estudando. Os jovens europeus atingiram um novo status de consciência quando o assunto é educação. Evidentemente, não estou dizendo que todos sejam gênios ou que no Brasil não tenhamos grandes talentos acadêmicos, porque de fato, temos.

Os estudantes brasileiros precisam repensar sua relação com os estudos, existem milhares de oportunidades no mercado de trabalho que não são preenchidas porque as empresas não encontram pessoas qualificadas, O estudo é o meio mais seguro para se obter estabilidade na vida, seja passando num bom concurso, fazendo uma universidade top ou até mesmo dando aulas.
Conhecimento não ocupa espaço, aliás, espaço é o que mais temos na memória, afinal, segundo a neurociência, se tivéssemos que esgotar nossa capacidade de memorização teríamos que estudar 10 horas por dia durante 300 anos. Como tecnicamente ninguém viverá tanto tempo, posso dizer que a memória humana é inesgotável do ponto de vista da capacidade.
Sendo a memória inesgotável em sua capacidade, então o que resta para melhorar?

Resposta: a velocidade!!!

Um salto de consciência nos estudos é dado quando você entende que pode fazer mais, que existem recursos dentro de você que não estão sendo levados ao limite. Nos primeiros anos da vida acadêmica a iniciativa de estudar e aprender cada vez mais deve ser impulsionada pelos pais, depois que o estudante atinge a maturidade acadêmica ele mesmo reconhece a importância de investir em conhecimento, especialmente nos períodos de ócio, como nas férias.

A diferença de um estudante brasileiro e outro europeu é que eles atingem muito cedo a maturidade nos estudos, nós ainda temos que vencer a barreira dos MCs, Sertanejos, e dos Youtubers que nos inspiram a largar tudo e deixar a vida nos levar… até imagino para onde. Deixo claro que não tenho nada contra esses profissionais, o problema é o jovem só ir atrás disso, mas vamos falar disso nos próximos posts.

Por isso, nestas férias meu conselho é que você vá passear numa boa livraria e faça a degustação de bons livros. Participe de uma colônia de férias que ensine a você uma nova competência profissional, fique deitado no sofá comendo pipoca enquanto assiste um curso online que ensine novas habilidade. Não deixe passar esta oportunidade.

Tenho certeza que no final das férias você terá muitas coisas interessantes para contar aos seus amigos.

Viva bem. Lembre bem.

 

Renato Alves

Fonte: Blog Renato Alves

Por favor, curte ai!

Sobre o autor | Website

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Gostou do Blog? Então compartilha com seus amigos!